sábado, 27 de agosto de 2011

Kassab revolta os metaleiros em show da banda Matanza

Victor Zacharias

No Clube de Regatas Tietê em São Paulo em uma data bem apropriada, 13 de agosto, aconteceu o show do Matanza, e os metaleiros compareceram em massa.
Matanza é uma banda de rock and roll do Rio de Janeiro. Ela começou em 1996 e sua música é uma mistura de hardcore punk, country e heavy metal, formando assim, o gênero que a mídia intitulou de "countrycore".
Antes da atração principal entrar no palco, várias bandas tocaram para animar a moçada, em sua grande maioria vestida de preto, muitos tatuados e com piercings, que dançava quase sem parar.
Banda Cáustica - Minas Gerais
Um pouco depois da Banda Cáustica, a única banda que se apresentou formada somente por mulheres e que veio de Minas Gerais, entrava o grupo do Matanza causando delírio na platéia.
A primeira música começa assim: Era pra frear e eu acelerei, e a platéia cantou em uníssono esta e todas as outras letras, o envoltimento e a concetração eram totais, acompanhavam os gestos do líder da banda, Jimmy London, (brasileiro nascido no Rio de Janeiro em 1975).
Após este início catártico, o Jimmy faz um protesto contra o fechamento do Kazebre, local tradicional de shows de rock que fica na Av. Aricanduva, 1200, no bairro de São Mateus em São Paulo, pela prefeitura. O Kazebre é uma casa popular, isto é, têm preços acessíveis para a maioria da população, é ponto conhecido de shows dos grupos alternativos, que tem pouco espaço para se apresentar na cidade de São Paulo. E todos irritados com esta ação da prefeitura aderiram ao protesto mandando o Kassab para aquele lugar: " Ei, Kassab vai..."
Assista no vídeo um trecho deste protesto:



Um comentário:

Edu Maretti disse...

Hahaha. Ótimo post. Grande Matanza! hehe

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...